Marketing Digital Fernando Medeiros

O poder do e-mail marketing

O poder do e-mail marketing_742X360

 

O poder do e-mail marketing uma ferramenta poderosa, capaz de auxiliar na construção de um relacionamento entre empresas e potenciais clientes. Grande alcance, baixo investimento de implementação, direcionamento de conteúdo e retornos imediatos fazem do e-mail marketing uma estratégia de comunicação indispensável.

Mas é preciso explicar que o e-mail marketing não é um e-mail qualquer e não deve ser enviado de forma aleatória. Como forma de interação com seus clientes, ele deve ser cuidadosamente planejado e trazer um conteúdo de qualidade. Afinal, ele não é um spam e deve ser tratado de forma especial.

Quando um cliente entra no seu site, deixa os seus contatos e autoriza que você envie para ele um newsletter, por exemplo, é sinal de que esse cliente gostou do conteúdo que você publica em seu site e quer continuar a receber um material interessante. Sendo assim, nada melhor que honrar essas expetativas e enviar sempre um conteúdo bem produzido.

Neste artigo, você irá entender o poder do e-mail marketing e saber como fazer uma campanha sem erros com essa ferramenta. Confira!

Campanhas de e-mail marketing: por que fazer?

Diversas empresas no ramo de análise em marketing digital já comprovaram que o e-mail marketing é, atualmente, a mídia digital com maior retorno sobre investimento (ROI). Além de garantir retornos positivos, ele também é uma das melhores ferramentas de marketing direto disponíveis atualmente.

Da mesma forma, a cada dez empresas no Brasil, oito realizam campanhas de e-mail marketing e conseguem dobrar suas taxas de lucro. Mas, para começar a fazer uma campanha desse tipo, logicamente é preciso que você tenha uma lista de e-mails à espera do seu contato.

Existem várias formas de se conseguir uma lista de contatos. Mas, um dos pontos mais importantes dessa história é: nunca decida comprar uma lista de e-mails já pronta. Além das taxas de cliques serem muito baixas neste tipo de iniciativa, esse tipo de estratégia pode arruinar a sua imagem.

Lembre-se que um e-mail marketing não é spam. Se você quer que sua empresa tenha uma boa reputação, enviar um e-mail para qualquer pessoa sem que ela tenha autorizado, é o mesmo que fadar a sua estratégia ao fracasso. Você irá desperdiçar recursos dessa forma e ainda queimar o seu filme.

Como fazer um e-mail marketing de sucesso?

Logicamente, o primeiro passo para criar um e-mail marketing é ter uma lista de e-mails. Conforme explicado no tópico anterior, a melhor forma de fazer isso é quando você cria sua própria lista. Você pode, por exemplo, entrar em contato com seus clientes, informar que está produzindo um novo conteúdo interessante, e pedir o e-mail de cada um.

Apesar de ser mais trabalhosa, esta é a maneira mais confiável. Uma dica para captura de contatos é criar uma landing page ou uma squezze page oferecendo algo gratuito e interessante em troca do e-mail do visitante. A associação de uma boa landing page com um e-book costuma trazer bons resultados.

Depois de coletar os contatos, é hora de saber o passo a passo para fazer um e-mail marketing de sucesso. Vamos lá!

1º passo: Determine o seu objetivo

Qual o seu objetivo ao enviar um e-mail marketing? Será para vender um novo produto? Divulgar um serviço diferenciado? Trazer novidades sobre a empresa ou área em que atua?

É importante que você tenha esse objetivo focado em todo o processo de criação do e-mail marketing. Isso irá impedir que você perca o foco e irá facilitar a mensuração de resultados ao final do processo.

2º passo: Segmente a sua lista de contatos

Tendo sua lista de contatos completa e objetivo definido, você também deverá segmentar a sua base de e-mails. Afinal, de nada irá adiantar você enviar um e-mail marketing sobre finanças para um estudante de farmácia, que poderá não ter nenhum interesse nesse assunto.

Criar uma campanha personalizada para seu público de interesse é fundamental. Por isso, faça a segmentação de acordo com o que for mais interessante para o seu negócio. Você pode separar os contatos por sexo, idade e localização. Analisar as taxas de abertura de e-mails desses contatos, assim como identificar as compras anteriores, também são boas dicas.

3º passo: Elabore um conteúdo relevante e de qualidade

Elabore um material rico em conteúdo, relevância e design. Ao produzir, esqueça sua posição comercial e tente se colocar no lugar de quem irá receber a sua mensagem.

Ter uma linguagem amigável, uma abordagem adequada (nem tão informal ou formal demais), e apresentar o conteúdo de uma forma não comercial são fatores indispensáveis para o sucesso da sua campanha. Por isso, tenha foco no cliente e não nas vendas em si.

4ª passo: Invista no design da mensagem

Os aspectos visuais do seu e-mail serão fundamentais para chamar a atenção do cliente e trazer credibilidade para sua marca.

Alguns empreendedores se esquecem que hoje o design não é apenas um trabalho artístico. Sabe qual é o resultado desse pensamento? Um e-mail pobre, amador e pouco atraente. É claro que exageros não são bem-vindos, pois uma imagem mais limpa é sempre melhor. Mas também não podemos deixar tudo apagado demais, certo?

5º passo: Destaque seu CTA

O seu call to action (CTA), também conhecido como “chamada para a ação”, é aquilo que fará com que o cliente tome uma decisão em relação ao seu produto ou serviço. Ou seja, é aquele tão esperado acesso no link que irá direcionar o cliente para o seu site principal.

Mas, para aumentar as chances de que isso aconteça, é fundamental destacar o seu CTA. Uma dica é manter a sua chamada na parte superior do e-mail, destacando-a do restante do conteúdo. Além disso, use cores contrastantes para evidenciar o botão da chamada e capriche na mensagem principal.

6 º passo: Crie formas de mensuração de resultados

Com os e-mails enviados, é hora de você mensurar quais foram os resultados da campanha. Saber qual foi a taxa de abertura de e-mails, qual foi o índice de cliques no CTA, taxas de conversão e quantidade de e-mails dispensados irá permitir que você conheça a eficácia da sua campanha.

Quais são os principais erros em e-mail marketing?

Se o e-mail marketing é a melhor estratégia de marketing direto, é preciso que ele seja muito bem construído para que tudo saia conforme o planejado. Caso contrário, o que poderia ser uma ótima estratégia poderá se transformar em uma ferramenta inútil.

Para que você não caia nesta armadilha e saiba como construir um e-mail marketing de sucesso, conheça quais são os principais erros para não cometer nunca mais!

1º erro: enviar o e-mail com erros de português.

Não precisamos nem falar do quão isso é grave. Se você enviar um e-mail marketing com erros de português, estará condenando a sua campanha ao fracasso. Além dos erros ortográficos, deslizes na concordância verbal e na pontuação também são imperdoáveis.

Um texto bem escrito, com uma linguagem adequada ao contexto e ao seu público de interesse, mostra que você é muito mais capacitado profissionalmente.

2º erro: usar sua conta pessoal para enviar os e-mails

Para passar uma imagem de profissionalismo, é fundamental que você use seu nome verdadeiro e foto nas mensagens que enviar. Mas nunca use o seu e-mail pessoal para fazer isso (principalmente se for algo do tipo “fernandogato123@gmail.com). Crie um e-mail com o domínio do seu site e insira suas informações de contato como assinatura.

3º erro: ter um “assunto” muito longo

Na hora de identificar o seu e-mail marketing, crie um título, que será inserido no campo “Assunto”, criativo e não muito longo. Foque em uma mensagem curta, direta e que seja irresistível! A maioria dos e-mails marketing são abertos graças à criatividade do assunto do e-mail.

4º erro: deixar o e-mail sem a opção de resposta

Interação é a palavra-chave do marketing digital. Por isso, se você enviar seu e-mail marketing a partir de um endereço “noreply”, ou seja, que não aceita respostas, você passará a impressão de que não quer falar com seus clientes.

Torne-se disponível, se ofereça para dar suporte e esclarecer qualquer dúvida que, por ventura, possam aparecer. Estabelecer um contato direto mostra que você se preocupa em atender as necessidades dos seus clientes e que sabe exatamente do que eles precisam.

5º erro: incluir muitos CTAs na mesma mensagem

Ter um call to action é indispensável em um e-mail marketing. Entretanto, ficar empolgado demais e incluir mais de um CTA por mensagem poderá confundir o cliente e fazer com que ele desista de entender a sua mensagem.

Concentre seu foco em uma mensagem por vez e saiba como destacar este botão na sua mensagem. Não se esqueça de criar um CTA objetivo e atraente.

6º erro: ter imagens de mais

Um e-mail com muitas imagens se torna poluído visualmente, dificultando o entendimento da mensagem. Além disso, um e-mail com muitos recursos visuais ainda torna o arquivo muito pesado. Lembre-se que o principal destaque deverá ser o CTA. Se uma mensagem tem muitas cores ou muitas imagens, é difícil identificar seu ponto focal.

7º erro: ter imagens de menos

Da mesma forma, um e-mail sem nenhuma mensagem fica pobre e amador. O design da mensagem é muito importante, afinal, ele será responsável por chamar a atenção do leitor e, na medida certa, conferir profissionalismo à sua marca.

8º erro: enviar e-mails em excesso

Lotar a caixa de entrada do seu cliente só fará com que ele fique irritado com você. O problema é que, muitas vezes, seu endereço pode estar com algum tipo de erro de frequência no disparo das mensagens. Esse erro faz com que o seu e-mail seja enviado mais de uma vez quase que um atrás do outro. Esteja atento!

9º erro: não entrar em contato com frequência

E-mails com pouca frequência também são um problema. Afinal, se você não marcar presença junto ao cliente, você correrá o risco de cair no esquecimento.

A periodicidade é fundamental. Para mostrar que você não esqueceu do seu cliente (e para que ele não se esqueça de você), envie um conteúdo interessante de duas a três vezes por semana. Logicamente, essa frequência deverá estar alinhada ao seu objetivo.

10º erro: enviar imagens como conteúdo

Se o seu e-mail for composto apenas por uma imagem, você correrá o risco de perder alguns clientes. Afinal, grande parte dos clientes checam o e-mail pelo celular e o serviço mobile pode impedir que sua imagem seja carregada corretamente. Para garantir que isso não irá acontecer com você, insira as imagens como parte da mensagem.

 

 

ferramentas de email marketing_742X360

Quais as melhores ferramentas para e-mail marketing?

A medida que sua lista de contatos for crescendo, pode ser cada vez mais difícil enviar um e-mail marketing de forma não automatizada. Para facilitar o seu trabalho, confira abaixo uma seleção das três ferramentas mais usadas no envio de e-mail marketing.

  • Mail Chimp: plataforma oferece planos pagos e gratuitos aos usuários. De maneira gratuita, você poderá enviar até 12000 e-mails ao mês para cerca de 2000 contatos.
  • Aweber: este é um sistema muito completo, que dispõe de vários recursos. Entre eles, a criação de formulários para captura de e-mails. Apesar de ser uma ferramenta paga, é considerada uma das melhores em e-mail marketing.
  • LeadLovers: É uma das mais completas ferramentas de automação de e-mail marketing e o melhor é totalmente Brasileira. Além do envio de e-mails, veja abaixo outras funcionalidades desta poderosa ferramenta:
  • Modelos de Paginas
  • Maquinas Criadas
  • Geração de Leads
  • Gatilhos Inteligentes
  • EAD (Área de Membros)
  • Integração com LeadAds
  • Envio de Notificações no Facebook
  • Aplicativo Móvel
  • Bônus Exclusivos
  • Formulários de Captura
  • Domínios e Subdomínios
  • Gatilhos e Links Inteligentes
  • Lead Score, Tags e CRM
  • VSL e Carta de Vendas
  • Relacionamento e Envio de SMS
  • Criação de Central de Afiliados Grátis
  • Envio de Newsletter, Mala Direta e Broadcast

 

E-mail marketing: uma ferramenta poderosa

Se você leu este artigo até o final, deve ter entendido o poder do e-mail marketing para o seu negócio. Ele é uma ferramenta de marketing direto que permite interação com os clientes e rápidos retornos sobre os investimentos.

Agora que você já sabe como criar um e-mail marketing e o que fazer para não cair em erros de iniciante, é só criar uma estratégia interessante e ter uma boa lista de contatos. Boa sorte!

Gostou do Blog e do conteúdo? Então deixe seu Comentário abaixo e Compartilhe com seus amigos!

Olá, Eu sou Fernando Medeiros, Empreendedor Digital  e Quero Ajudar Você a Construir Seu Negócio Online de Sucesso!   
Coloque seu e-mail ao lado e receba GRÁTIS  meu E-book Os 3 Conceitos Básicos do Marketing Digital!
Fique tranquilo, odeio SPAM o tanto quanto você!

Sobre o autor | Website

Meu nome é Fernando Medeiros sou Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Empreendedor Digital e criador do Projeto Negócio Rentabilizado. Sou apaixonado por empreendedorismo desde 1990, pois acredito que através dele podemos ajudar pessoas a transformarem suas vidas! Minha missão é transmitir meus conhecimentos e ajudar as pessoas através do meu Projeto a conquistarem sua liberdade e independência financeira com o Marketing Digital.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!