Marketing Digital Fernando Medeiros

O que é o inbound marketing?

O que é o inbound marketing_742X360

Pensando na comunicação como a melhor forma de se expressar na sociedade, sabemos que ela é fundamental para todo o processo de divulgação do trabalho. Nos dias de hoje, a comunicação se torna imprescindível. Ela é a peça chave para trabalhar com tudo que se relacione às pessoas.

E não se pode negar que a comunicação criou um caminho virtual. As pessoas sabem melhor se comunicar pela rede do que pessoalmente. A internet se tornou uma ferramenta tão usada para trabalhar com as relações humanas, que acabou substituindo alguns elementos usados para a nossa comunicação cara a cara.

Pensando em como essa relação se esbarra nos feitos comerciais, foi necessário transformar o modo com que se divulgam os serviços e produtos que as empresas vendem. As pessoas já não se relacionam com as propagandas como acontecia antigamente, assim, é tempo de mudar de comportamento. Transformar a abordagem foi preciso.

Inbound marketing

Seguindo essa ideia de mudança de comportamento das relações e modo de comunicar-se com o mundo, foi preciso transformar a abordagem das empresas. Dessa forma, colocar-se mais próximo do cliente e não jogar para ele informações que tentem o convencer a todo custo que o seu é melhor do que o do outro.

Com isso veio a ideia do inbound marketing. Esse novo marketing se refere a tendência de colocar conteúdo disponível para o cliente, ao invés de trabalhar com a propaganda gratuita dos produtos ou serviços com os quais trabalha.

Ou seja, o novo tipo de marketing prioriza o bem estar do cliente. Pensando nisso, traz um sistema de abordagem que instiga quem acessa e faz com que eles tenham interesse em conhecer melhor os serviços. É a parte mais interessante do trabalho de inbound marketing, esse fator de conquista do cliente a partir de interesse do público.

A ideia desse tipo de ferramenta para a divulgação de seu trabalho é muito eficiente. Isso já foi demonstrado em muitas ações feitas na internet. Ao invés de trabalhar com uma propaganda antes de um vídeo na internet, colocar em suas redes sociais um conteúdo curioso atrai olhares para sua marca.

O trabalho com as postagens de conteúdo, e-mail informativos e outras ações que não sejam inoportunas é muito usado para trabalhar com o inbound marketing. Tudo gira em torno do que o cliente precisa para ter mais interesse com a marca, sua imagem se torna de uma boa empresa prestando serviços.

Trabalhar com datas curiosas ou importantes, dar destaque para quem está ligado à marca e desenvolver conteúdo que seja de bom grado é mais interessante do que jogar o produto no colo do cliente. Era isso que o antigo marketing fazia, trabalhava com o desgaste da imagem.

Claro, que se desvincular totalmente do outbound marketing não é algo bom. Algumas pessoas ainda lidam com o antigo padrão e não se pode descartar todos os conceitos de uma única vez. O trabalho é contínuo, mas não pode ser abrupto.

Como funciona

Como já foi dito, o inbound marketing trabalha com a propagação do conteúdo. Então, para fazer com que ele seja acessado por todos, é preciso se concentrar na criação e seu compartilhamento. Visto o âmbito da internet, o trabalho com as redes sociais é muito importante e, talvez, o mais eficiente de todos.

A melhor forma de fazer a propagação de um conteúdo atrativo é saber o interesse de seu público, então assim, é importante trabalhar com a ideia do que o público busca para seu nicho de conhecimento. A forma mais efetiva de conquistar o público é o tornando sábio do que deseja.

Dessa maneira, o bom conteúdo se torna a chave para trabalhar com a divulgação de sua marca ou serviço. As grandes empresas já entenderam isso e fazem das suas redes sociais as melhores ferramentas para atingir, em cheio, todos que a segue ou se interessam por elas.

Então, as redes sociais se tornam um caminho direto para a comunicação com o público. Sempre trabalhando com uma boa forma de aproximação. E esse é um dos pontos mais interessantes. Quando pensamos em uma rede social, sabemos que a resposta do público é imediata.

Assim, quando se tem uma exposição maior, a preocupação com o conteúdo que é divulgado se torna maior. Bom ou ruim, não importa o que o comentário irá dizer, mas será visto por todos. Então, é preciso muita atenção no que é compartilhado e a qualidade do que é compartilhado também influencia muito.

Muita atenção para o título, as chamadas, o visual do que é usado em suas redes. Elas determinarão se o clique no conteúdo será dado ou não. A estética da sua página também funciona como um fator atrativo, é importante trabalhar bem com ela.

Além das redes sociais, na internet, é possível lidar com e-mails marketing. Eles já funcionavam muito no antigo marketing, mas agora não funcionam mais como uma forma de spam. Eles são importantes para propagar conteúdo também. Neles, é possível lidar com textos e curiosidades que sejam interessantes para seus clientes.

Tudo que funcione como forma de atrair o público com a dissipação de conteúdo positivo é relevante. Bem trabalhado, o inbound marketing funciona como uma das formas mais eficientes de se transmitir conhecimento sobre o seu produto ou serviço na rede.

Metodologia do inbound marketing

Todo processo de ação tem uma metodologia. Com o inbound marketing não poderia ser diferente. Ela se apresenta por etapas que são importantes para trazer o público e ao público tudo que lhe interessa e o faz se transformar em uma ferramenta de marketing como as outras ações.

É difícil imaginar que uma pessoa que não ganha nada com isso pode se tornar uma ferramenta importante para divulgação de seu produto ou serviço, mas isso acontece. E se deve ao fato de poder trabalhar com a satisfação do cliente. Mas para que isso ocorra, muitas partes devem o anteceder.

O primeiro momento é atrair os desconhecidos. Para isso, é preciso usar das ferramentas mais intensas. Elas podem ser as redes sociais, que colocam no feed dos amigos as publicações que suas conexões curtem ou compartilham. Também pode ser através de blogs que usam as palavras chaves para aparecer nas buscas dos grandes sites buscadores.

A partir daí, começa um trabalho que, se positivo, resultará em uma pessoa fiel aos seus serviços e produtos. Então, o processo segue para a conversão de visitantes nos clientes fieis. Formulários, calls-to-action, landing pages são formas de trazer as pessoas para mais perto.

Esses visitantes precisam se tornar leads ou potenciais clientes para que o processo continue. Então, chega o momento que se necessita fechar o cerco, envolver muito bem o lead. Para isso, pode ser usado e-mail, CRM ou workflows. Todas as ferramentas, que não sejam inoportunas, podem ser trabalhadas com os leads.

Eis, que seus leads se tornam clientes. Nesse momento, chega a hora de encantar. Isso quer dizer que é preciso preservar quem está com você nessa caminhada. Só assim, ele se tornará fiel e você possa prosseguir sempre contando com ele.

Por meio de levantamentos, conteúdo dinâmico e monitoramento social, é possível traçar um perfil das pessoas que são clientes de sua marca. Então, agradando sempre elas, podem se tornar uma fonte de divulgação gratuita e muito efetiva. Isso porque é natural que sempre trabalhemos bem com as coisas que nos satisfazem.

Então, para uma pessoa se tornar uma divulgadora do seu trabalho, além de torná-la cliente, você precisa convencer e envolver de uma maneira que ela deseje compartilhar com os outros toda sua maneira de trabalhar, serviços e produto.

Os divulgadores são uma peça muito importante para seu processo de inbound marketing. São eles que constatarão que você conseguiu atingir o auge do processo, se conseguiu desempenhar bem uma ação planejada junto com a área de marketing.

Relevância do conteúdo

Já foi citada a importância do interesse do público para o inbound marketing. Mas é muito útil entender como funciona essa ideia de importância e relevância, considerando que sua marca precisa ser acentuada nas publicações de alguma maneira.

Pensando em uma publicação compartilhada numa rede social de um blog interno da empresa, por exemplo. Quando se trata de algum tema para criação de um texto, é preciso escolher e saber o motivo de sua importância. Se o seu público não se interessar por aquilo que está sendo compartilhado, de nada servirá.

Então, a tática do inbound marketing é aliar o que é bom para a empresa divulgar, ao mesmo tempo, que se consiga desenvolver uma atração para o público interagir com o conteúdo. Isso que significa trabalhar com a relevância do que está sendo divulgado. É unir o útil ao agradável.

Em exemplo prático, uma empresa precisa divulgar a importância de comprar um carro com airbag, mas para o público, não basta ler isso. Então, como uma ferramenta de divulgar a utilização do equipamento, criasse um texto que trabalhe como é possível se proteger em um acidente, considerando que seu carro tenha o equipamento.

É uma tática de conteúdo e interesse do público, junto com o interesse da marca. O compartilhamento das informações adquiridas se torna natural. De forma prática, a inbound marketing consegue desenvolver muito bem seu trabalho de divulgação sem ser inoportuna.

Marketing de conteúdo x inbound marketing

 

Pode até parecer que estamos tratando da mesma coisa. Até porque, muitas vezes até agora, trabalhamos com a ideia de propagar conteúdo dentro do inbound marketing. Porém, as duas coisas se diferenciam em termos práticos e em ações que podem ser feitas.

Obviamente, ambas são ferramentas trabalhadas com o marketing de uma marca. E, sem dúvidas, são muito importantes. Aliadas, o resultado se torna muito mais efetivo e produtivo. E podemos dizer que sem o marketing de conteúdo, dificilmente a ideia de inbound marketing existiria.

Isso porque o novo marketing trabalha com o frescor que o marketing de conteúdo trouxe para o trabalho de divulgação das marcas. Porém, seu poder de ação está restrito às novas mídias, o trabalho que é feito dentro do cenário da internet, o mundo online.

Diferente do inbound marketing, o marketing de conteúdo pode ser trabalho em qualquer extensão. Em muito se assemelha ao que é colocado em prática nas redes. A preocupação em informar o cliente ao invés de usar de propagandas é bem vista. Mas o marketing de conteúdo pode estar em qualquer lugar.

Assim, a diferença é o cenário que está inserido. Porém, em conceitos básicos, o inbound marketing não existiria se não houvesse uma forma de ter conteúdo em todo o material que funciona como forma de divulgar uma marca.

Mas outro ponto que pode ser trabalhado como uma grande diferença entre os dois termos é a posição do cliente no processo. Pensando no marketing de conteúdo, a ideia é sempre atingir as pessoas que dão atenção à marca. Isso pode ser de forma atrativa, que é a ideia, trazendo conteúdo.

Já o inbound marketing, deseja transformar desconhecidos em clientes fieis. Essa ferramenta trabalha como um conversor de potenciais clientes em clientes, trazendo sempre o que lhes interessa para a pauta principal. Dessa maneira, dificilmente as pessoas não desejariam consumir de seus serviços ou produtos, porque se sentem atraídas.

O quesito atração conta muito para diferenciar os dois termos. Isso porque é através da atração que o inbound marketing promove, que se pode transformar as posições das pessoas nesse processo intenso de negócios, nos quais um precisa do outro para sobreviver.

Com a ideia de agradar, o inbound marketing consegue, além de convencer, também fidelizar. Coisa que o marketing de conteúdo dificilmente faz, não porque não seja uma ferramenta capaz, mas sim porque esse não é o foco principal.

O novo marketing funciona como um grande jogo de convencimento sem apelação. Assim, para se conseguir convencer alguém que sua marca é a melhor para se trabalhar, usa-se a interação com o melhor conteúdo, o de seu interesse.

Essa é a porta para fazer com que as pessoas se convençam que o suporte que a marca faz é melhor do que as outras e, por isso, é mais interessante para suas necessidades.

Olá, Eu sou Fernando Medeiros, Empreendedor Digital  e Quero Ajudar Você a Construir Seu Negócio Online de Sucesso!   
Coloque seu e-mail ao lado e receba GRÁTIS  meu E-book Os 3 Conceitos Básicos do Marketing Digital!
Fique tranquilo, odeio SPAM o tanto quanto você!

Sobre o autor | Website

Meu nome é Fernando Medeiros sou Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Empreendedor Digital e criador do Projeto Negócio Rentabilizado. Sou apaixonado por empreendedorismo desde 1990, pois acredito que através dele podemos ajudar pessoas a transformarem suas vidas! Minha missão é transmitir meus conhecimentos e ajudar as pessoas através do meu Projeto a conquistarem sua liberdade e independência financeira com o Marketing Digital.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!