Negócios Online Fernando Medeiros

Faça da crise, uma oportunidade!

Faça da crise uma oportunidade_742X360

Em tempos de crise, investir está cada vez mais longe da realidade de muitas pessoas. Alguns deixam de empreender em um novo negócio por medo, outros por falta de capital. Mas será que investir durante a crise não seria uma oportunidade para empreender no próprio negócio?

Tudo bem, a situação do país não está nada bem, e muitas pesquisas mostram que a economia do Brasil está indo de mal a pior, e quem está sofrendo com isso são os trabalhadores, a população que luta dia após dia para conseguir colocar alimento em suas casas, e com os juros elevados isso está ficando cada vez mais difícil.

Apesar disso, é necessário não desanimar, e sim buscar uma forma de investir mesmo estando em tempos de crise. E os leques que permitem que você invista em tempos de crise são dos mais variados possíveis.

E não digo isso sem estar me baseando em fatos que comprovam o que eu disse. Historicamente pesquisas nos mostram que épocas de crise financeira tem sido o berço de ótimos negócios. E enquanto alguns estão desanimados e sem perspectivas, outros veem na crise uma oportunidade de começar seu negócio próprio.

Com essa crise que tomou conta de todo o país, muitas pessoas estão perdendo seus empregos, e consequentemente estão ficando sem saída, pois a concorrência do mercado de trabalho está cada vez mais intensa, e esses profissionais acabam ficando sem ter uma fonte de renda mensal.

Empreender seria uma boa saída para essas pessoas, vale muito a pena pensar sobre esta oportunidade. O medo de não dar certo é compreensível, afinal, as pessoas estão querendo gastar cada vez menos devido a essa crise, então na hora de investir é preciso planejar muito bem em qual segmento quer entrar.

Digo isso, porque enquanto a crise está ajudando pessoas de determinados segmentos, para outros está sendo péssima, e essas empresas estão tendo que demitir cada vez mais funcionários, e algumas estão até decretando falência. Isso é muito triste, porém está cada vez mais comum de se ver por aí.

Como empreender em tempos de crise?

Empreender é o sonho de algumas pessoas, e para outras significa uma liberdade. E convenhamos, ter seu próprio negócio, ser seu próprio chefe é uma idealização que pelo menos em sonhos todas as pessoas já tiveram um dia.

Empreender está crescendo formal e informalmente todos os dias. O surgimento dessas empresas tem sido ótimo para a economia do país, e a maioria dos negócios próprios começaram de forma informal, apenas para conseguir uma renda extra no final do mês.

Segundo o Indicador Serasa Experian, em 2014, foram criadas 1.865.183 novas empresas do país. O que significa que cerca de 5.100 empresas foram abertas por dia. Isso quer dizer que há bilhões de empresas no Brasil?

Na teoria sim, mas essas pesquisas não levam em considerações empresas que se desfazem após um período de tempo, então esse número acaba sendo menor do que o esperado, mas ainda assim, são muitas empresas que se abrem todos os dias no país.

O que leva ao fracasso dessas empresas que fecham após um período de tempo, na maioria das vezes, é a mal administração, muitos empresários não sabiam qual a quantidade de capital de giro necessário para que sua empresa gerasse lucro, já outros não determinam o lucro que eles pretendem atingir. E essas coisas são muito necessárias para quem está abrindo uma empresa.

Então você está dizendo que não devo investir nesse momento de crise? Se em 2014 estava assim, imagina agora que estamos realmente vivendo uma crise financeira? Não, não é isso que eu quero te levar a pensar, pelo contrário, esses fatores que eu citei acima são fatores básicos para que o seu negócio de certo.

Um cenário como essa crise que estamos vivendo, cria inúmeras oportunidades para empreender e isso pode se tornar ainda mais atraente do que normalmente é. Você só precisa planejar muito bem seu mercado, e tomar cuidado com algumas “ciladas” que acontece no mercado.

O primeiro passo para ter sucesso no seu negócio é se qualificar. Não adianta abrir um negócio só porque você sabe sobre o assunto, como por exemplo, abrir um restaurante, e não saber administrá-lo.

Você precisa saber cuidar de todas as outras partes que incluem finanças, reposição de estoque, margem de contribuição e afins. E apenas uma pessoa qualificada sabe realizar todas essas tarefas de uma forma bem planejada, e que ajuda a garantir um lucro no final do mês.

Existem cursos técnicos de administração, gestão de empresas e negócios, e etc. Esses são opções mais rápidas para você poder investir seu tempo, e aprender um pouco mais sobre o assunto. Outra opção é se graduar em alguma área de finanças, pois isso irá te ajudar MUITO a administrar sua empresa.

O segundo passo para garantir o sucesso da sua empresa se baseia na qualidade dela. Na crise, os recursos dos clientes são mais escassos do que o normal, e ele vai buscar gastar pouco para possuir um produto com uma excelente qualidade.

É preciso garantir ao seu possível cliente a qualidade do seu produto, e ter um preço mais acessível do que empresas que você tem como competidoras. Não digo para deixar o preço muito abaixo, mas tendo o preço mais em conta e com uma qualidade excelente te trará muitos clientes, e apesar de estar vendendo mais barato, você irá realizar mais vendas.

E realizando mais vendas, o lucro no final do mês acaba sendo até maior do que seria se o preço do produto estivesse mais alto do que o esperado pelos possíveis clientes.

Quais são os segmentos que estão ganhando mais espaço com essa crise?

Em um segundo ponto, após você ter em mente quais são os fatores necessários para você abrir o seu negócio, é hora de pesquisar os diferentes segmentos de empreendimentos que o mercado lhe fornece.

Não só isso, é necessário ver se esses segmentos estão se dando bem mesmo na crise, ou se há empresas desse ramo fechando em diferentes lugares do país. Esse é o momento de você fazer uma bela pesquisa de campo, visitar concorrentes, e ver o que a maioria das pessoas que já estão nesse segmento estão pensando a respeito da crise em relação à empresa.

Citaremos abaixo alguns segmentos que você pode optar para empreender mesmo na crise, espero que eles possam ajudar você. E lembre-se sempre: FAÇA DA CRISE, UMA OPORTUNIDADE!

Venda de cosméticos

Sabia que a vaidade é a quarta maior economia do mundo? Isso mesmo, as pessoas investem muito em cosméticos, principalmente as mulheres. Esteja em crise ou não, muitas não deixam de lado aquela base, um lápis para o olho e um bom e volumoso rímel.

Sendo assim, investir nesse segmento é uma ótima opção para driblar a crise. Além de ser barato investir, existem várias franquias de cosméticos que facilitam sua entrada no mercado.

Investir em cursos de beleza também é uma boa opção: fazer progressivas, cortes de cabelo ou designer de sobrancelhas são exemplos de investimentos que valem a pena mesmo estando diante de uma crise como essa.

Afinal, nenhuma mulher gosta de andar todas maltrapilha, pelo menos a grande maioria guarda uma parte do seu pagamento para gastar em designer de sobrancelha, fazer uma progressiva, e comprar uma maquiagem quando a sua acaba. É um ciclo, sempre terá pessoas precisando de você, até mesmo homens vaidosos que gostam de se cuidar.

Comidas práticas

O ramo alimentício é outro segmento que mesmo com a crise continua sendo muito frequentado, muito bem aliás. Porém, é necessário investir em restaurantes ou lanchonetes que possuem um custo benefício que o cliente leve em consideração.

Além disso, é necessário pensar muito bem no ponto em que pretende montar seu negócio, normalmente restaurantes que estão localizados próximos a agências bancárias, centro de cidade, ou próximo a grandes empresas, possui uma possibilidade muito maior de dar certo.

Os funcionários dessas empresas normalmente optam por almoçar em lugares que sejam próximo ao seu local de trabalho, e se a qualidade e o preço forem em conta, seu negócio terá sucesso garantido mesmo durante a crise!

Mas é preciso de uma qualificação, não apenas montar porque você gosta de cozinhar. Existem cursos de gastronomias ótimos no mercado, além disso é necessário fazer algum curso de administração, para saber como lucrar em cima dos preços, e também é necessário possuir um ótimo estoque e que agrade a diversos paladares.

Empreendimentos sobre rodas (Foodtruck)

Os bares e restaurantes que funcionam dentro de uma van ou furgão tem ganhado cada vez mais espaços no país. Quem nunca foi ou nunca ouviu falar de uma feira de foodtruck? E esse segmento é uma tendência que aparentemente veio para ficar.

Muitas pessoas desempregadas estão pegando seu FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) e usando o valor para transformar furgões e caminhões em um negócio. Para que o negócio dê certo é preciso se especializar em uma única coisa, e investir muito nela. Sem esquecer da qualidade e do custo benefícios que os clientes buscam durante a crise.

O interessante é que por ser sobre rodas, pode estar em diversos lugares, e você sempre poderá estar em lugares que possuem um grande fluxo de movimento, em diferentes dias da semana. É muito interessante isso, pois você terá um fluxo muito maior, além disso, existem inúmeras feiras que você pode participar e lucrar a partir delas.

É um segmento maravilhoso, apesar de exigir um investimento um pouco maior do que o normal, mas vale a pena, acredite.

Conserto de objetos e outros produtos

Quando você está desempregado qualquer serviço pode ajudar muito no final do mês, não é mesmo? E uma alternativa para empreender mesmo na crise é criar empresas especializas em consertar diferentes tipos de coisas, como por exemplo, se tornar um marido de aluguel, ou algum especialista que arruma smartphones, tablets e outros objetos tecnológicos.

Para que dê certo, é necessária uma boa qualificação antes de sair empreendendo, existem cursos técnicos e rápidos que ajudam a concertar inúmeras coisas, como móveis, eletrodomésticos e eletrônicos.

Após saber e entender, basta criar uma página e sair divulgando seu trabalho pela internet e em diversos cantos da sua cidade. E quando as pessoas precisarem de um serviço urgente irão procurar por você, e se for um bom serviço, com certeza essa pessoa irá divulgar, e assim como o ramo de cosméticos, irá se tornar um ciclo, e você quase sempre terá trabalho.

Empresas de comunicação: divulgação e conteúdo para empresas

Um ponto que falta em muitos empreendimentos para que eles deem realmente certo são as faltas de divulgação do produto. E pessoas com experiências ou que gostam das áreas de comunicação podem encontrar nela um novo segmento para trabalhar.

Há várias empresas que disponibilizam cursos técnicos e livres de diversas áreas da comunicação, e a partir disso é só procurar por empresas que podem aderir ao seu negócio!

Você pode optar por criar uma empresa de comunicação voltada em criação de textos e conteúdo para sites, ou que produza logotipos, infográficos, banners e outras maneiras que divulgam a empresa em questão.

Não há muitas empresas que possuem esses segmentos específicos, mas é uma boa alternativa para conseguir ganhar um dinheiro extra e fazer disso seu negócio próprio. Mas logicamente é necessário entender muito bem, pois assim você conquistará seu cliente em potencial, e poderá dar continuidade ao seu trabalho com a empresa.

Franquias

As franquias é outra alternativa para quem quer fugir da crise. Existem vários modelos e vários modelos de investimento que você pode ter. É uma ótima opção para quem quer investir e não faz a mínima ideia no que.

Trabalhar com uma marca especifica e que já seja conhecida no mercado dá uma visibilidade maior, pois os clientes já saberão do que se trata o produto, e isso já será meio caminho andado.

Um dos problemas é que empresas mais conhecidas possuem um investimento inicial alto, como a Cacau Show, Mc Donalds, mas o lucro é quase certo, uma vez que essas empresas possuem muitos clientes fiéis que estando na crise ou não consomem esses produtos.

Essas são apenas alguns dos milhares de segmentos que você pode usar para empreender na crise. Fazer da crise uma forma de investir é uma ótima alternativa para fazer com que as coisas começam a dar certo, e para ter uma renda extra no final do mês.

Olá, Eu sou Fernando Medeiros, Empreendedor Digital  e Quero Ajudar Você a Construir Seu Negócio Online de Sucesso!   
Coloque seu e-mail ao lado e receba GRÁTIS  meu E-book Os 3 Conceitos Básicos do Marketing Digital!
Fique tranquilo, odeio SPAM o tanto quanto você!

Sobre o autor | Website

Meu nome é Fernando Medeiros sou Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Empreendedor Digital e criador do Projeto Negócio Rentabilizado. Sou apaixonado por empreendedorismo desde 1990, pois acredito que através dele podemos ajudar pessoas a transformarem suas vidas! Minha missão é transmitir meus conhecimentos e ajudar as pessoas através do meu Projeto a conquistarem sua liberdade e independência financeira com o Marketing Digital.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!